15 de agosto de 2016

TAG: Séries

Eu vou falar a verdade, eu não sou a louca das séries, porque sou uma preguiçosa, mas vi essa TAG um dia desses e resolvi responder. Espero que gostem das minhas escolhas. Foi fácil escolher algumas das opções, mas difícil em outras, pois sou muito indecisa. Tentei ao máximo não ser repetitiva. Confira:

8 de agosto de 2016

Resenha: O Visconde que me amava


O Visconde que Me Amava foi uma surpresa para mim, quando comecei a ler ainda estava com "O Duque e Eu" na cabeça e achava que nenhuma das outras história da família Bridgerton chegaria a ser tão boa. Bem eu estava enganada. O livro que conta a história de amor de Anthony, o irmão mais velho dos Bridgertons, e Kate, uma jovem de origem simples, é romântico e engraçado ao mesmo tempo, ainda mais divertido que seu antecessor.

6 de julho de 2016

Resenha: Novela "A Favorita"


Eu sou uma noveleira assumida, ou era, pois atualmente não acompanho nenhuma snif, e o que tem de folhetim que assisti não dá para contar nos dedos. Entre mexicanas, brasileiras e argentinas, não sei escolher de qual gostei mais, por isso decidi fazer um post especial para a favoritas, não vou encher o blog com esse assunto, mas de vez em quando você vai me ver postar sobre essa pequena paixãozinha minha.

4 de julho de 2016

Dicas para sair da ressaca literária

Há algum tempo atrás eu postei aqui no blog um texto sobre ressaca literária e como ela estava me fazendo mal. Eu sou uma pessoa apaixonada demais por livros e consigo ler quase toda modalidade dos gêneros literários e ficar sem concluir minha leituras é como um veneno. Infelizmente passei por isso no ano passado, foi muito ruim e não desejo para ninguém. Bom, depois que fiz esse post, algumas pessoas me deram dicas de como sair dessa fase. Eu mesma sabia que tinha que fazer algo, porém não conseguia sair daquilo. Depois dessa postagem  Ressaca literária ou preguiça? e dos comentários positivos, finalmente comecei a por em prática algumas das dicas. E hoje posso dizer que voltei ao normal, não leio tanto quanto gostaria, entretanto já é um progresso muito grande. Com isso eu resolvi dar algumas dicas de como sair dessa maldição dos leitores. Confira: